segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

365







365 dias para me fazeres sorrir
para me debruçares na janela e
roeres até ao osso cada segundo de desvaire.
Tantos dias e tão poucos
para  juntares às minhas , as tuas asas
e descobrires o voo planado dos que sonham.
Ergo hoje o desejo maior de ser assim,
mulher, deusa, seiva eterna da terra.
Tu és o complemento que me faz ser una.
E nasces cada dia num novo ano
prenhe de vagas estelares.



Margarida Piloto Garcia


Imagem de Gosia Janik





2 comentários:

vitor correia disse...

Pequeno poema (o que não é vulgar em ti) mas duma intensidade e desejo devoradora.Havia algum tempo que não nos davas a maravilha da tua presença aqui.Parabéns e volta mais vezes

heretico disse...

assim a Lua em redor do Sol...

muito belo

beijo