segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Vício





Quero um beijo meu
que não seja teu
que não seja nada.
Que não saiba a café
ou a desamores.
Que não transborde paixão
para dentro da minha boca exangue
e não diga frases molhadas.
Não quero um beijo rubro
carregado de ânsias febris,
um almiscarado ósculo
com um currículo de mágoas, de paixões
de raivas tracejadas.
Quero um beijo meu.
Não sei se é cândido, se devasso
mas traz em si um rótulo diabólico
um carimbo que não passa de prazo
uma tatuagem que morde e infecta.
Bebo nesse meu beijo a saliva de outro
o despudor da alma desnuda
o vício de largar na boca
inconsequentes devaneios.
Nos meus lábios sinto quebrantos
e orgias seladas com lacre.
Quero um beijo meu
que não seja teu
que não seja nada
que não seja de ninguém.

Margarida Piloto Garcia-in EROTISMVS-IMPULSOS E APELOS-publicado por ESFERA DO CAOS-2013


14 comentários:

Ana Paula disse...

Margarida este teu beijo está simplesmente fabuloso, senti uma doçura vinda dos teus lábios, uma serenidade na tua alma, parabéns.

yolanda disse...

adoro este poema tão belo e sentido,
escreves admirávelmente.Bj yolanda

Victor Nogueira disse...

Olá :-)
Passei aqui para deixar-te um aceno.
Se quiseres visita-me em http://osabordolhar.blogspot.com/2007/08/seja-bem-vindo-quem-vier-por-bem.html
.
Bjo
Victor Manuel

Susana Garcia disse...

vicio de dar beijos ou beijinhos também,é um vicio bom que sabe sempre bem,eu cá quero muitos teus,e eu é que vou dar dos meus porque acho que não devem ficar guardados só para nós.É tão bom,e lembra momentos e memórias boas a maioria das vezes.
Por isso aqui ficam muitos beijinhos

MZ disse...

São os beijos de ternura...
São os beijos de afecto...
São os nossos beijos que mais ninguem consegue dar porque eles são únicos!

Tão bonita a tua poesia!

um beijo

S* disse...

Eu quero um beijo dele que seja só meu. :)

mfc disse...

Que lindo modo de desejar o beijo!
... e de o descrever.

vitor correia disse...

Toda a essência do mistério do beijo,tens aqui descrita duma forma, diria quase provocante.O desejo contínuo da procura do beijo, que te traga mais e mais fulgor para a luta constante do encontro do amor,tens aqui definido.um beijo de parabéns .E já sabes,continua a dar-nos estes momentos de verdadeiro gozo de leitura

paulotpires disse...

é de facto um beijo a querer...
beijo

JAVIER AKERMAN disse...

É um pracer ler o seu poema.
Volverei por este blogue, cara Margarida.
Um beijo.

Luma disse...

uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!! Passione d'amore!! Um beijo quente, molhado, mal intencionado!! Adorei!! Beijus

frank verlag disse...

Um beijo etéreo....Pois.

Selena Sartorelo disse...

Belo poema...Seja ele como for desde que você queira é sempre muito bom.

beijos,

Angus disse...

Buenísimo poema. Un puro placer leer algo tan bueno.