sexta-feira, 17 de julho de 2009

Sorriso




Dás-me um sorriso azul, feito de um mundo deslumbrante que não houve, carente de afectos e ternuras.As crianças têm esse sorriso, mas o teu, parece ainda mais ingénuo e esconde uma tristeza que se entranha e nos atrai como uma lua pálida.
Todas as noites escorrego de mansinho pela tua cama, abraço o teu corpo e sinto-o meu.Mas não descerro os olhos para não me aperceber da tua ausência.Que força me empurra, que poder me esmaga, a ponto da falta de uma palavra tua, ser a privação do ar que respiro?Tento varrer fantasmas para arranjar espaço para me emprestares os teus, e sigo murmurando ladaínhas.
Dás-me um sorriso azul e eu vergo, alquebro, bamboleando palavras cegas.


Margarida Piloto Garcia-in NÓS POETAS EDITAMOS-vol II-2013



Pintura de Richard Burlet





6 comentários:

MZ disse...

A ternura de uma ausência tão próxima. Tão bonito, tão sentido, tão triste...

S* disse...

Dizem que os olhos espelham a alma... Mas um sorriso verdadeiro pode ser um verdadeiro elixir de felicidade.

Susana Garcia disse...

tão bom sorrisos.É interessante essa do sorriso azul mas sim é capaz de ser um tom giro para colorir o sorriso.
beijocas

Vou de coletivo! disse...

Olá!
Aqui quem fala é o Murilo, dos blogs Palavras de Osho e Os nascimentos das palavras.
Assim como você e dezenas e dezenas de outros amigos blogueiros, eu participava das blogagens coletivas do Tertúlia Virtual, belíssimo projeto de promoção de blogagens coletivas que infelizmente chegou ao fim em julho de 2009.
Para mim, a inicitativa do Tertúlia foi responsável pela realização de muitas das melhores blogagens coletivas da blogosfera em língua portuguesa.
A idéia de a cada mês reunir blogueiros em torno de um tema foi tão bem-sucedida que não podemos deixá-la morrer.
Para colaborar, lancei o Vou de coletivo!
Todo dia primeiro do mês será proposto um tema para ser abordado por blogueiros por meio de textos, imagens, vídeos e o que mais a criatividade permitir.
Assim que o tema do mês é apresentado, é aberta uma lista de inscrições. Basta você inscrever sua postagem que automaticamente será inserido um link para ela na relação de participantes. As inscrições ficam abertas o mês todo.
E você, gostou da idéia? Espero que sim!
Então não vamos perder o embalo. Logo sai o primeiro coletivo de 2009! Clique aqui e acesse o Vou de coletivo!
Abração!

Nilson Barcelli disse...

Há mundos que não são deslumbrantes, mas deslumbram.
Tudo depende de nós, das nossas atitudes, sejam elas meros sonhos ou realidades.
Mas a consciência da ausência, sendo definitiva, pode fazer-nos vergar à realidade...
Magnífico poema querida amiga. Ler-te, é sempre um prazer para os sentidos, nomeadamente no "absorver" das sensações que emites com as tuas palavras e na forma como as estruturas.
Boa semana, beijo.

princesa papoila disse...

Penso saber o que se sente, obrigada por o exprimires tão precisamente